Biblioteca Digital do TJMG > Direito à saúde > Judicialização da Saúde > Respostas Técnicas >

URL: https://bd.tjmg.jus.br:80/jspui/handle/tjmg/9438

Título: RT 997 - 2019 -Aflebercepte ou Lucentis para retinopatia diabética - NATJUS TJMG
Autores: NAT-JUS
Palavras-Chave: ANTI-VEGF (Eyla ou Lucentis)
retinopatia diabética (H36.0)
Data: 5-Fev-2019
Resumo: Caso haja liberação de anti-VEGF1 a recomendação é pelo fornecimento do bevacizumabe, nome comercial Avastin® pela sua eficácia clínica semelhante, menor custo e disponibilidade no SUS. Nem todos os pacientes se beneficiam com o tratamento; naqueles com perda muito acentuada – abaixo de 20/200, é pouco provável a reversão do quadro. A disponibilidade no SUS do bevacizumabe é para uso na DMRI e não para retinopatia diabética. Como trata-se de procedimento de alto custo é de responsabilidade da SES.
URI: https://bd.tjmg.jus.br:80/jspui/handle/tjmg/9438
Aparece nas Coleções:Respostas Técnicas

Arquivos neste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
RT 997 - 2019 -Aflebercepte ou Lucentis para retinopatia diabética - NATJUS TJMG.pdf214,28 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir

 

BD-TJMG © 2013-2016 - Fale Conosco