Biblioteca Digital do TJMG > Direito à saúde > Judicialização da Saúde > Notas Técnicas >

URL: https://bd.tjmg.jus.br:80/jspui/handle/tjmg/9321

Título: NT 721 - 2018 - Espessante para disfagia - NATJUS TJMG
Autores: NAT-JUS
Palavras-Chave: Suplementação Alimentar Espessante Infantil Bem Vital
Disfagia
Data: 28-Nov-2018
Resumo: no caso em tela, é relevante considerar a condição clínica da paciente 02 anos, com paralisia cerebral e disfagia. Inexistem informações quanto ao tipo de alimentação utilizada pela paciente, apenas a necessidade do uso de espessante. Não existe legislação nacional determinando o fornecimento da dieta Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais Av. Augusto de Lima, 1549, 3º andar, sala P-358, Fórum Lafayette Belo Horizonte – MG CEP 30190-002 5/6 Nota Técnica Nº: 721/2018 NATJUS-TJMG Processo nº: 0013366162018 ou complemento alimentar (espessantes) para uso domiciliar Vale ressaltar que mesmo diante da prescrição de espessante industrializado, não existem justificativas científicas para seu uso em detrimento da formula artesanal, já que esta deve ser a primeira escolha no paciente em atenção domiciliar, pois agrega valor nutricional aos alimentos e preparações, é mais segura, mais simples e de menor custo. Os espessantes industrializados são relacionados com constipação, ressecamento das fezes, obesidade, alteração da microbiota, aumento da saciedade, obesidade e descontrole da glicemia.
URI: https://bd.tjmg.jus.br:80/jspui/handle/tjmg/9321
Aparece nas Coleções:Notas Técnicas

Arquivos neste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
NT 721 - 2018 - Espessante para disfagia - NATJUS TJMG.pdf225,09 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir

 

BD-TJMG © 2013-2016 - Fale Conosco