Biblioteca Digital do TJMG > Direito à saúde > Judicialização da Saúde > Pareceres Técnicos >

URL: https://bd.tjmg.jus.br:80/jspui/handle/tjmg/8954

Título: Síntese de Evidências 17/2017 - Edaravone para o tratamento da esclerose lateral amiotrófica
Autores: Centro Colaborador do SUS Avaliação de Tecnologias e Excelência em Saúde(CCATES)
Palavras-Chave: esclerose lateral amiotrófica
edaravone
Radicava
Data: Mai-2017
Resumo: A esclerose lateral amiotrófica não tem cura e o seu tratamento se baseia na tentativa de manter a capacidade funcional do indivíduo e de amenizar os sintomas apresentados pelos pacientes, inclusive com o auxílio de medidas não farmacológicas. Os cuidados multidisciplinares melhoram a sobrevida em pacientes com esclerose lateral amiotrófica. Não foram encontrados estudos que avaliassem a eficácia e a segurança do edaravone frente a um comparador ativo para o tratamento da esclerose lateral amiotrófica. Não foram encontrados estudos que apresentassem a eficácia e a segurança do edaravone no tratamento da esclerose lateral amiotrófica. O edaravone foi autorizado neste mês de maio, nos EUA, para o tratamento da esclerose lateral amiotrófica. O edaravone não possui registro no Brasil.
URI: https://bd.tjmg.jus.br:80/jspui/handle/tjmg/8954
Aparece nas Coleções:Pareceres Técnicos

Arquivos neste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
Parecer CCATES - Edaravone para tratamento da ELA.pdf505,56 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir

 

BD-TJMG © 2013-2016 - Fale Conosco