Biblioteca Digital do TJMG > Direito à saúde > Judicialização da Saúde > Notas Técnicas >

URL: https://bd.tjmg.jus.br/jspui/handle/tjmg/12408

Título: NT 2483 2021 - Prolopa - Doença de Parkinson - NATJUS TJMG
Autores: NATJUS - TJMG
Palavras-Chave: Prolopa® DR comprimidos de liberação modificada (liberação dupla) levodopa/cloridrato de benserazida
Doença de Parkinson
Data: 18-Nov-2021
Resumo: Prolopa® DR (Levodopa/cloridrato de benserazida DR 200/50 mg) comprimidos de liberação modificada - liberação dupla. Essa fórmula foi concebida visando a otimização da duração do efeito do medicamento, através da liberação simultânea imediata e lenta das substâncias ativas. O SUS possui protocolo clínico e diretrizes terapêuticas para o tratamento da Doença de Parkinson. O medicamento está disponível na rede pública, através do componente básico de assistência farmacêutica, nas apresentações convencionais de comprimidos de 100/25 e 200/50 mg, e cápsulas 100/25 mg de levodopa/cloridrato de benserazida, vide páginas 25 e 100 da RENAME 2020. No caso concreto o paciente requer o fornecimento de medicamento já disponível no SUS para o tratamento de sua doença. No SUS o medicamento está disponível na formulação convencional do medicamento em cápsulas e comprimidos. O paciente requer o medicamento na formulação específica (DR - Dual Release), essa nova formulação do medicamento, busca evitar a ocorrência de flutuações nas respostas ao tratamento, porque essa formulação apresenta o rápido início de ação dos comprimidos convencionais e, ao mesmo tempo, uma duração de ação mais prolongada, ou seja, a liberação simultânea, busca evitar os picos e os níveis baixos de doses, os quais estão relacionados a ocorrência das flutuações.
URI: https://bd.tjmg.jus.br/jspui/handle/tjmg/12408
Aparece nas Coleções:Notas Técnicas

Arquivos neste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
NT 2021.0002483 - Levodopa - parkinson.pdf133,84 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir

 

BD-TJMG © 2013-2016 - Fale Conosco