Biblioteca Digital do TJMG > Direito à saúde > Judicialização da Saúde > Respostas Técnicas >

URL: https://bd.tjmg.jus.br/jspui/handle/tjmg/11655

Título: RT 1108 2019 - METILFENIDATO - NATJUS TJMG
Autores: NATJUS - TJMG
Palavras-Chave: METILFENIDATO
TDAH
Data: 25-Mar-2019
Resumo: O Metilfenidato (Ritalina®, Ritalina LA, Concerta ) não integr a a RENAME, não é disponibilizado pelo SUS, mas é o tratamento de primeira linha, o mais comumente utilizado, e também o mais custo efetivo para o transtorno hipercinético. As principais diferenças entre os dois medicamentos citados dizem respeito à do se e à velocidade de liberação do princípio ativo e, portanto, à duração do efeito. Quanto às alternativas integrantes do RENAME 2018 e disponíveis no SUS, vários estudos controlados confirmam a superioridade dos antidepressivos tricíclicos, especialmente a desipramina e em menor grau, a imipramina, a nortriptilina e a amitriptilina no tratamento do TDAH, apesar de sua eficácia ser inferior àquela observada com as medicações de primeira linha. (6). A nortriptilina e a amitriptilina integram o componente bás ico do RENAME e são disponibilizadas pelo SUS. As alternativas disponíveis no SUS, apesar de habitualmente menos eficazes que o metilfenidato , mas podem oferecer controle sintomatológico adequado a uma parcela da população. Entretanto, a médica assistente , conforme a documentação apresentada, afirmou que o requerente não apresentou resposta adequada a imipramina, fluoxetina, carbamazepina e periciazina. A medicação solicitada pela parte requerente é a de melhor custo efetividade atualmente disponível.
URI: https://bd.tjmg.jus.br/jspui/handle/tjmg/11655
Aparece nas Coleções:Respostas Técnicas

Arquivos neste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
RT 1108 - Metilfenidato.pdf230,02 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir

 

BD-TJMG © 2013-2016 - Fale Conosco